18 Belos quadros sobre amor e pares românticos

O amor é uma emoção da alma e é para a duração imprevista. O amor também é uma vantagem que representa qualquer bondade humana, compaixão e anexo. O amor verdadeiro também pode descrever-se como a soma de ações que são baseadas em compaixão ou emoções positivas.

O amor romântico é grupo de várias sensações e relações com o prazer da apelação interpessoal. "Amor verdadeiro", pode criar um desejo apaixonado da proximidade imediata entre pares românticos. Uma proximidade emocional de amor familiar. Ou o amor platônico que define amizade e sensações profundas ou devoção no amor religioso.

Esta variedade do uso e a percepção de si incorporada com a complexidade de sensações destinadas, faz amor exclusivamente difícil de entender, em comparação com outras condições emocionais. O amor é o assistente principal nas relações interpessoais e por causa da sua importância psicológica central, é um dos sujeitos principais em artes criativas. O amor romântico pode entender-se como uma parte de um instinto da sobrevivência. Como uma função para manter pessoas junto contra ameaças e facilitar a continuação de família.

O amor triste que o mais longo dura, é o amor que nunca se devolve. Não tente saber o que o amor é para cada mulher, mas tentativa encontram o que significa para você. O amante sabe todos sobre alguém e quer ser com eles mais do que com qualquer outra pessoa. O amor verdadeiro confia bastante para dizer tudo a amantes, até as coisas do qual os pares poderiam envergonhar-se. O amor romântico é cômodo e seguro com alguém, mas ainda cria joelhos débeis quando os pares andam em uma rua e as pessoas riem deles.

Uma das piores coisas na vida, deve ver uma mulher que ama, para amar alguém mais. Se ama alguém, os põe em liberdade. Se voltam, sempre foram com você. Se não voltam, nunca foram com você. Tentando forçar alguém a cair no amor com você, é o mesmo como tentando controlar com quem deve casar-se. O amor é sem sentido, até que alguém venha e lhe dê a significação. Cada amante verdadeiro e a mulher romântica têm medo algo. Assim mesmo sabe que amam algo e têm medo perda dele.

Precisa-se de um minuto para ficar atraído. Uma hora para gostar que de alguém e um mês caiam no amor com alguém. Mas toma uma vida para esquecer o amor perdido. Pode fechar os seus olhos, se não quiser ver, mas não pode fechar o seu coração contra emoções. O amor apaixonado não é cego. Permite a pares ver coisas que os outros nunca veem.

As mulheres dizem que amam as flores, mas também os reúnem. Os homens dizem que amam as árvores, mas também os reduzem. E os velhos pares ainda se admiram porque as mulheres têm medo, quando se amam, porque aquele que o ama, também o fará gritar. Prejudica amar alguém e não se amar em troca, mas o mais doloroso deve amar uma mulher e nunca encontrar que a coragem avisa a mulher como se sente. Consequentemente as mulheres vêm para entender que o amor cura tudo e o amor é tudo que é necessário na vida.

O amor é um conceito universal na afinidade entre as pessoas. Define-se de vários caminhos em ideologias diferentes e religiões. O amor é uma sensação profunda e intensa de afeto, compaixão e acordo. Aquela bela emoção une-se a uma pessoa, um animal ou a um conceito. Na China, o amor verdadeiro é qualquer conexão forte entre os pares, espíritos ou animais.

O amor interpessoal refere-se a uma relação entre pares românticos. É uma sensação que é mais potente do que a fome. O amor romântico é muito mais fechado em relações interpessoais. É uma conexão forte que fomenta relações longas que duram por muitos anos e até décadas. Esta relação é baseada em obrigações, como matrimônio e crianças, ou na amizade mútua que é baseada em coisas e interesses comuns. Esta relação encantadora une-se com níveis mais altos de Oxycontin.

A maior parte de cristãos acreditam que o Deus é a fonte e essência do amor verdadeiro. Os muçulmanos acreditam que o deus é macho e que os seres humanos devem tornar-se muito perto dele. Todos os muçulmanos devem ganhar o seu amor masculino. O amor espiritual é o valor central na religião judaica. Necessita que aos judeus amem os seus vizinhos. A ciência básica é diferente. A teoria da base biológica do amor explorou-se por ciências biológicas como uma psicologia evolutiva. A psicologia evolutiva propôs as explicações para o amor romântico. As crianças humanas são dependente dos seus pais. O amor verdadeiro, por isso, é um mecanismo da criação do suporte parental mútuo das crianças, durante um período prolongado do tempo. Sem esta relação de carinho, as famílias imortais nunca sobreviveriam durante mais de 10,000 anos.

As mulheres simples dizem que o amor é o gosto e uma sensação para alguém ou algo grande. Aquelas mulheres encantadoras às vezes casam-se ou continuam amando alguém, quando continuam amando outros homens na sua memória. Este comportamento é normal e pode explicar-se. O amor romântico é baseado em reações químicas no cérebro. É uma sensação, quando alguém cai na mente. Cria memórias que são mais fortes do que a realidade. Muitas vezes, os velhos amantes podem confundir-se com outras pessoas.

O primeiro amor romântico.

Os pares descrevem as pessoas que primeiro amaram de modo romântico como o seu "primeiro amor". Os adolescentes muitas vezes têm o seu muito primeiro amor na idade entre 11 e 15. O primeiro amor é normalmente bobo e nunca voltou. O amor romântico tem consequências de saúde e emoções. Os pares alegres podem ativar o seu cérebro de emoções positivas, atenção melhorada, motivação cega e melhor memória e também pode conduzir para realçar a redução. Os pares seguros são muito mais sãos do que pessoas que nunca tinham relações românticas.

Uma relação íntima é umas relações muito íntimas que implicam o contato físico ou emocional. As relações íntimas implicam a atração mútua entre pessoas, animais ou robôs. As relações íntimas fornecem uma rede social para pessoas que precisam de conexões emocionais fortes e preencher a necessidade universal de pertencer a algo ou alguém.

Uma relação romântica muitas vezes descreve-se como a posição mágica. A relação romântica é a condição ou uma estação para emotivamente unir-se com alguém. O amor romântico é o amor que é baseado em matrimônio e relações estáveis em velhas culturas. As culturas modernas não podem descrever a relação romântica, porque ficou demasiado pessoal para todo o mundo. Há demasiadas versões de relações entre pares modernos.

O romance é o prazer e uma sensação de uma atração emocional a outra pessoa, animal, grupo ou coisa. Durante as etapas iniciais de uma relação romântica, muitas vezes há mais ênfase em emoções. Especialmente, aqueles do amor romântico, feche a intimidade, a compaixão, a avaliação e a afinidade, em vez da proximidade física. Em uma relação estabelecida, o amor romântico pode definir-se como uma libertação de intimidade ou espiritualidade. Nas velhas culturas, os matrimônios arranjados são alfândega que pode estar em conflito com o romance devido à natureza do seu acordo injusto. É possível, que o amor verdadeiro e românico forte pode existir entre os parceiros em um matrimônio arranjado. Mas é muito raro naqueles pares vigorosamente casados.

O romance espiritual entre amantes pode incluir sacrifícios predizíveis bem como emocionais e pessoais. Os filósofos gregos e os autores tiveram muitas teorias sobre o amor verdadeiro. Os gregos acreditaram que os pares românticos buscam cada um, porque se controlam por espíritos nos seus corpos. O namoro é um período importante em uma vida do par. Na relação, precede o seu compromisso e matrimônio ou estabelecimento de uma relação legal. No namoro, um par deve testar um a outro e decidir se haverá uma família entre eles. Um namoro pode ficar privado entre duas pessoas ou pode tornar-se um assunto público com um acordo formal e uma aprovação da família. Tradicionalmente, o namoro foi uma atividade masculina. Dentro de muitas culturas, os papéis sexuais distintos perderam a sua importância. É agora comum que os pares jovens iniciam relações e propõem o matrimônio sem pedir a cada um a permissão. Aqueles pares românticos muitas vezes estão muito felizes e naturais.

A duração média do namoro é diferente em todas as partes da terra. Há diferenças individuais vastas entre pares jovens dentro de culturas. O namoro pode ser completamente ilegal em países muçulmanos, porque os pares arranjados nunca se encontram antes do casamento.

O amor verdadeiro é baseado no respeito, entendendo e sendo capaz de comunicar-se um com outro. O amor é somente amor, nunca pode explicar-se.

transparent twitter icon free facebook icon logo free Google Plus icon logo

Be happy. Talk with people.

Thank you for sending !

website logo
Tweet me

Google+ me

«    Send this page